Convite para dois eventos: Casa da Palavra (Santo André) e SESC (Pinheiros)

Pessoal, boa noite!

Quero convidá-los para dois eventos, nos quais sou palestrante, que ocorrerão nos dias 12 e 15 de junho, respectivamente.

Seminário Vozes da Globalização, Casa da Palavra, Santo André
sábado, 12/06 – 10:00 h. Gênero, preconceitos & indiferenças: corpos em performances audiovisuais

O que é performance? Quais ligações entre essa noção construída no campo das Artes com as noções contemporâneas de identidades e subjetividades? Performances, identidades e subjetividades se entrelaçam e (des)conectam corpos e experiências de sujeitos na contemporaneidade, constituindo novas percepções e políticas voltadas às diferenças. Criam-se vivências em termos de convergência de linguagens proporcionadas pelas chamadas novas mídias, intensificadas no universo cibercultural, onde fronteiras entre tecnologia, ciência e arte são cada vez mais tênues. Discutiremos essas questões e suas relações com o tema das diversidades a partir de centenas de entrevistas realizadas no Paraná para um documentário produzido durante o projeto Gênero e Diversidade na Escola, voltado à formação continuada em educação à distância de mais de 1.500 professores pela Universidade Aberta do Brasil, e que conta com histórias de preconceitos étnicos e de gênero, também relacionados à diversidade sexual, interpretadas por professores e outros profissionais, com seus corpos (in)tensos e seus discursos contraditórios.

http://www.metodista.br/rronline/cultura/2010/maio/casa-da-palavra-inicia-seminario-sobre-papel-da-mulher/

Memórias, SESC Pinheiros
Abordagem multidisciplinar sobre a Memória, um dos processos mais intrigantes do conhecimento humano, através de palestras, cursos, vivências, entre outras atividades. Durante os meses de maio e junho, a Memória será explorada da perspectiva da História.

terça, 15/06- 20:00 h. Mesa Redonda: Oralidade e seus Fazeres

Oralidades e seus Fazeres Mesa redonda que tem como proposta apresentar experiências e projetos desenvolvidos fora do ambiente estritamente acadêmico. Projeto Banco de Memórias Apresentação do Projeto Banco de Memórias, destacando os avanços e as dificuldades encontradas no trabalho de pesquisa. Também serão abordadas questões referentes à valorização da oralidade e dos saberes populares nas ações do programa Cultura Viva (Ministério da Cultura), além de considerações sobre as relações entre a academia e as comunidades tradicionais (a experiência do Quilombo do Cafundó – Salto de Pirapora/SP). Com José Guilherme Maia Lopes, estudante de História – USP, um dos idealizadores do Ponto de Cultura de Pilar do Sul e pesquisador em oralidades, gestão de acervos e uso de Softwares Livres como ferramenta para a pesquisa histórico-cultural. Comunidades quilombolas e a conservação da natureza Exposição sobre as comunidades quilombolas no Brasil, a luta pela conquista, as disputas territoriais que envolvem o poder público e privado, o processo de marginalização a que foram submetidas e, a construção da memória desses grupos a partir das suas interrelações no decorrer da sua história. Com Simone Rezende da Silva, doutora em Geografia Física – USP, atualmente realiza pós-doutoramento na mesma instituição e coordena um grupo de estudos e pesquisa sobre populações tradicionais e conservação da natureza no Nupaub/USP (Núcleo de Apoio a Pesquisa sobre Áreas Úmidas Brasileiras). Narrativas nas tecnologias sociais e culturais Apresentação sobre concepções de tecnologias sociais e culturais em circulação nas formas de organização e sobrevivência de diversos grupos, movimentos sociais e culturais, destacando a construção de narrativas que envolvem registros orais e audiovisuais, de cooperativas de empreendimento solidários, a exemplo do projeto “Mapeamento e desenvolvimento de tecnologias sociais e culturais”, em desenvolvimento com a Universidade Federal do ABC (UFABC-SP). Com Andrea Paula dos Santos, mestre em História Social e doutror aem História Econômica pela USP, professora adjunta da Universidade Federal do ABC (UFABC/SP), autora de Patrimônio Natural dos Campos Gerais e ganhadora do Prêmio Jabuti de Literatura em 2008 com e Produzindo do Conhecimento Histórico. Mediação de Suzana Lopes Salgado Ribeiro, doutora em História Social pela USP, co-autora dos livros Vozes da marcha pela terra e Narrativas e experiências: histórias de mulheres brasileiras. Sala de Oficinas, 2º andar.

http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/busca.cfm?conjunto_id=7252

Como vocês podem notar, a palestra da mesa redonda no SESC Pinheiros será no horário da aula do noturno, e ficaria imensamente satisfeita se vocês puderem comparecer por lá, bem como na atividade do sábado, que é mais perto, em Santo André.
Caso não seja possível ao pessoal do noturno trocar a aula pela mesa-redonda, deixo a tarefa de trabalharem em grupo em torno das leituras sobre os temas trabalhados em aula já postados e a produção de reflexões que liguem com os temas escolhidos para pesquisa nos blogs, com escrita de posts.

Muito obrigada pela atenção e até mais…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s