Novos significados que os sujeitos constróem para suas identidades e subjetividades mudam políticas públicas de educação!

Pessoal, na linha das discussões desta semana sobre o pós-estruturalismo, vi esta notícia que tem tudo a ver com as possibilidades dos sujeitos poderem ser mais livres e felizes para construir novos significados (cultura) sobre suas identidades e subjetividades. Fiquei bem feliz, pois isso evitará que muitas pessoas sofram com a obrigação desumana de ter que adequar seus corpos e suas sensibilidades aos padrões de disciplinarização já criticados por Foucault há 50 anos atrás, como expliquei nas aulas.
VIVA AS BOAS TRANSFORMAÇÕES DO SÉCULO XXI!!!
bjs

RS: trans poderão usar nome social nas escolas Rio Grande do Sul autoriza uso de nome social de trans em documentos escolares

O Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul publicou nesta semana o Parecer nº 739/2009, que aconselha as escolas do sistema estadual de ensino a adotarem o nome social de alunos e alunas transexuais e travestis em seus documentos escolares como boletins e lista de chamada.

Na decisão, o Conselho argumenta que o “nome social de travestis e transexuais nos registros contribuirá para a inclusão dos mesmos no processo educativo”. Menores de 18 anos precisam da autorização de um responsável para pedir a troca do nome.

Com o parecer, o Rio Grande do Sul se torna o 12º Estado brasileiro a aceitar o nome social da população trans nas escolas. Já aceitam: Tocantins, Goiás, Santa Catarina, Paraná, Piauí, Paraíba, Pará, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Alagoas.

Fonte:

http://mixbrasil.uol.com.br/noticias/rs-trans-poderao-usar-nome-social-nas-escolas.html

Anúncios

4 pensamentos sobre “Novos significados que os sujeitos constróem para suas identidades e subjetividades mudam políticas públicas de educação!

  1. Droga axei que tivesse dado ctrl+cVou tentar repetir o raciocínioGostei da notícia.Me despertou a atenção justamente por ter lido uma notícia sobre um sacerdote que foi impedido de ser bispo na inglaterra por ser assumido gay.LinkO que me despertou interesse foi saber a diferença nesses cenários, e se é a inglaterra ou a igreja o fator decisivo nesse caso.Por mais que a resposta me pareça óbvia vou pesquisar um pouco.Acho que era mais ou menos isso

    Curtir

  2. Transexuais e Travestis, marginalizadas e perseguidas durante tanto tempo, começam a ter o direito de acesso à educação. É uma mudança importante de paradigmas na construção de políticas públicas de educação. Na mesma área foi criada a escola jovem LGBT. A escola jovem LGBT é um espaço novo que surge frente a necessidade de criar uma educação inclusiva, uma iniciativa interessante que deve ser observada. Outra notícia é da folha:Travesti vence preconceito e faz doutoradohttp://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u485921.shtmlÉ a possibilidade das pessoas terem liberdade de exporem suas subjetividades e criarem novas identificações transformando a realidade cotidiana desta nossa vida ordinária.

    Curtir

  3. Esta atitude é muito positiva na educação, pois as istituições de ensino são os locais que os preconceitos devem ser eliminados desde cedo e não há lugar para constrangimentos, tudo em prol de melhor aproveitamento dos alunos. Além disso, devemos nos misturar com as diferenças, não simplesmente respeitá-las sem nos envolver com todo este processo em tranformação.

    Curtir

  4. Atualmente, a conquista foi muito importante. Mas gostaria de viver numa sociedade em que o preconceito não fosse tão forte, até de chegar ao ponto das pessoas terem de mudar de nome para serem aceitas num determinado grupo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s